Via Portugal > Porto e Norte

 

Primitivo, colorido e pitoresco, o Norte de Portugal é a região onde a nação foi fundada.

A província do Minho é a mais fértil de Portugal com os vales verdejantes ao longo do Rio Lima e Minho. Para este em direção Espanha temos a região isolada e misteriosa de Trás os Montes, com um clima agressivo e montanha de mais de mil metros. Esta área montanhosa com reservas naturais e culturais, santuários e igrejas, ainda organizam várias romarias durante o Verão. Nesta região predomina o Barroco e monumentos de granito com impressionantes trabalhos em talha dourada. Nos arredores de cidades como Viana do Castelo, Chaves ou Vila Real, encontramos luxuosas quintas de famílias nobres onde ainda se sente a atmosfera de outros tempos.

 

Porto

O Porto, a cidade dinâmica, acolhedora e animada que foi reconhecida como Património Mundial pela UNESCO, é porta de entrada e ponto de partida de uma viagem por esta região, com a sua grande diversidade natural e cultural. A cidade não é apenas famosa pelo seu «vinho do Porto», reconhecido em todos os cantos do mundo, mas também pelo seu património cultural: igrejas e monumentos antigos, como a Sé Catedral ou Igreja de São Francisco, e edifícios contemporâneos notáveis, como a Casa da Música, o Museu de Serralves ou a Escola de Arquitetura, onde estudaram nomes famosos como Álvaro Siza Vieira e Eduardo Souto de Moura, ambos premiados com o Prémio Pritzker. Todos eles fazem do Porto um local perfeito para eventos, viagens de incentivo, palestras e rotas especificas, como a do vinho.

Navegando o rio Douro acima, temos o vale do Douro, a região demarcada vinícola mais antiga do mundo, e o único local onde se pode produzir o famoso Vinho de Porto. A Unesco classificou esta paisagem cultural como Património Mundial. Connosco pode descobrir esta área em todas as suas nuances. Numa viagem gastronómica-vinícola, escapadinha romântica, ferias desportivas ou uma combinação das diversas opções, é só pedir e nos realizamos.

 

O Norte

O Minho, no extremo noroeste de Portugal, conta com muitos atrativos, como a cidade sagrada de Braga e a cidade medieval de Guimarães. Uma colcha de retalhos de pequenas vinhas e campos, paisagens pitorescas, cidades e aldeias atraentes. Aí é possível saborear tradição, história e folclore, numa região verde onde a natureza é preservada. Nos vales estão os típicos espigueiros, pequenos locais de armazenamento de cereais, que se assemelham a igrejas em miniatura.

Nesta bela paisagem nasce o refrescante vinho verde, um vinho jovem, ligeiramente espumante e característico desta região.

Para os amantes da natureza, não perder as 5 impressionantes montanhas da reserva natural do Parque Nacional da Peneda-Gerês, classificado pela UNESCO como reserva da Biosfera, é visita obrigatória, tem também a particularidade de ser o único parque Nacional Natural do País.

No norte correspondemos a todos os tipos de desejos, viagens empresariais, incentivos, culturais, viagens temáticas, aventura, natureza e ferias em família.

 

O Centro

No centro e interior existem as áreas montanhosas ou as aldeias de granito e de xisto. Perto do mar, as vilas de pescadores e resorts costeiros cosmopolitas, com um leque de opções de desportos aquáticos. A herança de mais de mil anos exibe orgulhosamente a história desta região.

Alguns lugares são de tão grande importância para a humanidade que foram incluídos na lista do Património Mundial da unesco, como os mosteiros de Alcobaça e Batalha, o Convento de Cristo, em Tomar, e a Universidade de Coimbra.

Existem, por exemplo, as aldeias históricas e os castelos que defendiam as fronteiras terrestres. As aldeias de xisto e de cidades com casas brancas, como Óbidos, um verdadeiro tesouro murado. Ou ainda as cidades onde passado, presente e futuro andam de mãos dadas, como as cidade Universitárias de Coimbra, Aveiro, Viseu, Guarda e Castelo Branco, onde a arquitetura em pedra testemunha um passado secular.

Nas montanhas da Serra da Estrela, com o pico mais alto do continente português, encontrará paisagens assombrosas e lagos glaciares. Depois, há as montanhas de Lousã, Açor e Caramulo, onde se pode descobrir a natureza a partir de trilhos para caminhadas e ciclismo. Também há lugar para praticar montanhismo, rappel, rafting ou canoagem, como no Geoparque Naturtejo, uma área natural protegida onde vivem diferentes aves e outras espécies animais.

Entre praias fluviais cercadas por florestas ou extensas praias de areia na costa do Atlântico, é possível a prática de inúmeras atividade de lazer.

Pessoas de todo o mundo procuram ondas perfeitas em Peniche ou mesmo as ondas gigantes da Nazaré.

Esta região também tem uma vasta oferta culinária. Queijos, salsichas, ensopado de peixe, leitão assado, mel e doces conventuais. Os vinhos das regiões vinícolas demarcadas são outros produtos de alta qualidade. São fabricados por este povo sincero e hospitaleiro, que oferece aos visitantes apenas o melhor.